Serviços | O Centro | A Ideia

X

A Ideia

Em Novembro de 2004 a Comissão Europeia, através da sua representação em Portugal, lançou um convite para a apresentação de propostas para Estruturas de Acolhimento da rede de Informação Europeia EUROPE DIRECT.

Os centros de Informação EUROPE DIRECT são uma rede de informação europeia e têm na sua génese os antigos CARREFOUR (Centros de Informação e Animação Rural) e INFO-PONTOS EUROPA. Estes centros foram criados pela Comissão Europeia com o objectivo de simplificar os instrumentos de informação das instituições europeias e descentralizar a informação para zonas rurais e urbanas em todos os países da União Europeia.

A ESGS, na sua condição de instituição pública do ensino superior politécnico- vocacionada para a difusão e produção de conhecimento e inovação, de alcance eminentemente regional e cariz profissionalizante-, considerou esta candidatura como uma oportunidade para rentabilizar socialmente os significativos e privilegiados meios e competências de que dispõe e imediatamente abraçou o projecto iniciando as formalidades para a apresentação da sua candidatura.

A Convenção-Quadro (2005-2008) deste Centro foi assinada em Maio – entre a ESGS e a Representação em Portugal da Comissão Europeia – e as actividades iniciaram-se oficialmente em 7 de Julho de 2005. Em 2008, finda a primeira Convenção-Quadro, a Representação da Comissão lançou novo convite à apresentação de candidaturas para uma nova geração de Centros Europe Direct. Mais uma vez, a Escola Superior de Gestão e Tecnologia viu a sua candidatura aprovada e assinou uma Convenção-Quadro de funcionamento para o período 2009-2012. Durante este período existiam em Portugal 16 Centros de Informação Europe Direct.

 

O Instituto Politécnico de Santarém viu novamente a sua candidatura a Estrutura de acolhimento do Centro de Informação Europe Direct ser renovada em 2013, para uma nova geração de Centros de Informação Europe Direct para o período 2013-2017. A nova geração de CIED engloba uma rede nacional de 19 Centros.


O Centro definiu como área dominante de intervenção o Distrito de Santarém.