|

X

O Conselho Europeu reuniu-se a 11 e 12 de Dezembro de 2008, tendo aprovado um plano de relançamento da economia europeia, orçado em cerca de 1,5% do PIB da União Europeia (valor equivalente a cerca de 200 mil milhões de euros). Este plano constitui o quadro comum em que se inserem os esforços envidados pelos Estados-Membros e pela União Europeia e deverá garantir a coerência e optimizar os efeitos desses esforços. O Conselho Europeu chegou igualmente a um acordo sobre o pacote energia/alterações climáticas que deve permitir a respectiva ultimação com o Parlamento Europeu até ao final do ano. Este avanço decisivo permitirá à União Europeia honrar os ambiciosos compromissos assumidos neste domínio em 2007 e conservar o seu papel
impulsionador na busca de um acordo mundial ambicioso e global em Copenhaga, no próximo ano. O Conselho Europeu demonstrou, por decisões concretas, a vontade que o anima de conferir um novo impulso à política europeia de segurança e defesa, a fim de dar resposta aos novos desafios que se colocam em matéria de segurança. Por último, o Conselho Europeu debateu elementos que visam dar resposta às preocupações expressas aquando do referendo irlandês e definiu um método que deverá permitir a entrada em vigor do Tratado de Lisboa antes do final de 2009.

Mais informações

Conclusões do Conselho