|

X

A 4 de Dezembro de 2007, a Comissão Europeia iniciou uma campabha de comunicação para o Ano Europeu do Diálogo Intercultural, sob o lema "Unidos na Diversidade". Ao Comissário Europeu da Educação, Cultura, Formação e Juventude, Ján Figel´, associam-se os "Embaixadores Europeus para o Diálogo Intercultural", figuras de vulto do panorama cultural europeu e internacional.

O Ano Europeu visa contribuir para a compreensão mútua e uma melhor vivência em conjunto. Explorará as vantagens da diversidade cultural, da participação cívica activa em questões europeias e procurará promover o sentido de pertença europeia. É uma iniciativa conjunta da União Europeia, dos Estados-membros e da sociedade civil europeia. Dispõe de um orçamento de 10 milhões de euros, destinado a apoiar campanhas de informação, inquéritos e estudos sobre o diálogo intercultural, bem como o co-financiamento dos sete projectos europeus emblemáticos e de 27 projectos nacionais (um por cada Estado-membro) sobre o diálogo intercultural na UE.

O sítio web da campanha www.dialogue2008.eu, que foi desenvolvido conjuntamente com organizações da sociedade civil, visa promover um espaço europeu conjunto de diálogo intercultural. Inclui uma secção de parceria, que visa estimular a ligação em rede e o intercâmbio de melhores práticas a nível comunitário. Antes do lançamento já albergava mais de 500 perfis de particulares e de organizações que desenvolvem actividades no domínio do diálogo intercultural.

O Ano Europeu de 2008 visa criar uma base para iniciativas políticas europeias sustentadas no domínio do diálogo intercultural após 2008. Constitui igualmente uma expressão activa do impacto da Agenda Europeia para a Cultura num mundo globalizado, que consagra a promoção da diversidade cultural e do diálogo intercultural como um dos seus três objectivos fundamentais.

Em 2008, no âmbito desta iniciativa, terão lugar, entre outras actividades, seis debates em Bruxelas, (um debate de dois em dois meses). Cada um dos debates será votado a uma vertente específica do diálogo intercultural e serão abordadas questões relativas aos meios de comunicação social, às artes e ao património, ao local de trabalho, ao diálogo interreligioso, à educação e juventude, bem como à migração e integração.

Para mais informações, ver:

http://www.interculturaldialogue2008.eu