|

X

 

 

No dia 3 de Outubro, pelas 14h30, irá ter lugar, na Escola Superior de Saúde (Sala 2) do Instituto Politécnico de Santarém, uma sessão de esclarecimento acerca do Programa Erasmus +.

 

Programa

14h30 - Sessão de Abertura

Isabel Barroso, Diretora da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Santarém

14h45 - Programa Erasmus + acção 1 - Mobilidade individual para fins de aprendizagem

João Santos, Agência Nacional Erasmus + Educação e Formação

16h00 - Coffee-Break

16h30 - Programa Erasmus + ação 2 - Cooperação para a inovação e boas práticas

Eugénia Inácio, Agência Nacional Erasmus + Educação e Formação

17h45 Perguntas & Respostas

18h00 - Encerramento

Hélder Pereira, Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Santarém

Coordenador do Centro de Informação Europe Direct de Santarém

 

Inscrições

Inscrições abertas até dia 1 de Outubro, através do preenchimento da Ficha de Inscrição.

A participação nesta sessão é gratuita, mas limitada a 40 lugares e a inscrição é obrigatória.

 

Mais informações

 

O que é o Programa Erasmus +?

 

O Erasmus + é o novo programa da UE que apoia actividades de educação, formação, juventude e desporto em todos os sectores de aprendizagem ao longo da vida, incluindo o ensino Superior, formação Profissional, educação de adultos, ensino escolar, actividades para jovens e formação no âmbito do desporto amador. Está organizado em três ações-chave:

 

- Ação 1 - Mobilidade individual para fins de aprendizagem

Exemplos de actividades

 

  • - Períodos de estudos ou estágio para estudantes do Ensino Superior e recém-graduados (até 1 ano depois da data de graduação)
  • - Estágios profissionais para formandos, estudantes em formação profissional inicial e recém-graduados (até 1 ano depois da data de graduação para estes últimos)
  • - Intercâmbio de jovens
  • - Atividades do Serviço Voluntário Europeu
  • - Desenvolvimento profissional e formação de pessoal em todos os setores da educação, formação e juventude.

 

- Ação 2 - Cooperação para a inovação e boas práticas

 

1. Parcerias estratégicas- exemplos de actividades:

  • - Projetos no âmbito da cooperação setorial e/ou intersetorial;
  • - Projetos de colaboração com o setor industrial;
  • - Parcerias bilaterais e multilaterais, dependendo do setor de intervenção;
  • - Implementação de atividades inovadoras;
  • - Flexibilidade em termos de atividades e parceiros.

 

2. Alianças para o conhecimento - objectivos:

Aumentar a capacidade de inovação, a cultura inovadora nas universidades europeias e de modo geral no enquadramento socioeconómico europeu. Deverão claramente responder a pelo menos um dos seguintes objetivos específicos:

  • - Desenvolver novas metodologias e multidisciplinaridade nos processos de ensino-aprendizagem;
  • - Estimular o empreendedorismo e as competências empreendedoras do pessoal docente e das empresas parceiras;
  • - Facilitar a troca, fluxo e cocriação de conhecimento.

 

3. Alianças para as competências sectoriais - objectivos:

Colmatar falhas nas competências profissionais disponíveis para um setor, mas consideradas necessárias tendo em conta a procura presente e futura do setor. Estes projetos mostrarão evidências das necessidades reais do setor ao qual se destinam as suas ações, desenhando e realizando formação conjunta e metodologias de formação. Estas alianças desenvolverão as suas ações utilizando os instrumentos europeus para reconhecimento de qualificações.

Os setores elegíveis para esta ação são os que compõem o Conselho Europeu para as Competências Setoriais e os setores carenciados de mão de obra qualificada pela CE nomeadamente a manufatura avançada, as tecnologias de comunicação e informação, tecnologias ambientais e os setores cultural e criativo.    

 

4. Capacitação no âmbito da juventude - objectivos:

Promover a cooperação e intercâmbio no âmbito da juventude entre os países do Programa Erasmus+ e países de diferentes regiões do mundo.

Estes projetos transnacionais baseiam-se em parcerias multilaterais entre instituições ativas no campo da juventude nos países do Programa Erasmus+ e países parceiros, realizando atividades como o desenvolvimento de cooperação estratégica com instituições de juventude e autoridades públicas dos países parceiros, cooperação com organizações de educação e representantes do mercado de trabalho desses países, melhorar a capacidade das plataformas e concelhos de juventude, melhoria da gestão, práticas de trabalho gestão das organizações dos países parceiros.

 

 

- Ação 3 - Apoio à reforma de políticas - objectivos:

Esta ação visa o apoio à Reforma das Políticas e abrange qualquer tipo de atividade cujo objetivo seja apoiar e facilitar a modernização dos sistemas de educação e formação.

 

Mais informações sobre o Programa Erasmus +