|

X

 

“para que as nossas esperanças de construir um mundo melhor e mais seguro não se limitem às boas intenções, precisamos de mais do que nunca do empenho dos voluntários”, afirmou Kofi Annan. Imbuídos deste espírito, 100 milhões de europeus dedicam o seu tempo e a sua experiência a ajudar quem precisa e a trabalhar em prol das suas comunidades: um professor de arte reformado dá palestras sobre as obrasprimas
da arte europeia aos visitantes estrangeiros de um museu; um estudante do secundário lê para crianças doentes num hopsital; um ex-internacional de futebol treina a equipa de um clube de bairro. Há milhares de pessoas que fazem a diferença. É para destacar estes esforços e incentivar mais cidadãos a participar que
a Comissão Europeia procedeu, no passado dia 2 de Dezembro, ao lançamento do Ano Europeu do Voluntariado em 2011.

 

Acompanhe as actividades do Ano Europeu do Voluntariado 2001 em:

http://europa.eu/volunteering/en